Milho: Menor safra da Argentina sustenta preços

Publicado em 18/01/2011 10:26 400 exibições
O clima na América do Sul, especialmente na Argentina, mantém-se como foco de atenção do setor. Quase que semanalmente os números de oferta daquele país são reajustados para baixo, deixando agentes extremamente apreensivos. Os estoques continuam sendo pressionados e agora representam 15,2% do consumo, relação praticamente igual à da safra 2006/07 (15,1%). Assim, mesmo com baixa liquidez, os preços no Brasil seguem firmes segundo levantamentos do Cepea, com agentes buscando inclusive negociar o produto para entrega em períodos seguintes. Entre 10 e 17 de janeiro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas-SP) subiu 3,38%, fechando a R$ 30,25/sc de 60 kg na segunda-feira.
Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário