Milho safrinha avança 26,6% em MT

Publicado em 09/03/2011 16:23 519 exibições
No campo, o grande problema é com o milho safrinha. A maioria dos agricultores não conseguiu semear o grão na data estipulada porque a colheita da soja, que ocupa o campo, atrasou. O plantio do milho na segunda safra 2010/11 em Mato Grosso avançou nessa última semana em 26,6%. O que de fato representa 72,5% da área total do grão semeada.

Apesar desse avanço, ainda nota-se um declínio de 23,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Esse atraso se deve aos dias contínuos das chuvas em todo Mato Grosso. Há casos de perdas na colheita da oleaginosa, comprometendo a área semeada de milho prevista em 1.8 milhão/ha, aponta estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA).

A região Médio-norte se destacou, avançando 33,5% na semana, quantific ando um total de 81% da área destinada ao milho já plantada. A região Oeste avançou apenas 17,7%, somando um total de 51% da área total. Por causa deste atraso, o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja/MT), Glauber Silveira, estima uma redução na área ocupada com milho safrinha no estado. O período considerado ideal para o plantio safrinha é até o dia 20 de fevereiro para garantir uma boa colheita. Depois desta data, a lavoura pode ser prejudicada pelo começo da seca.

“A grande preocupação em relação ao plantio de milho, se for muito tardio é a questão da seca e, consequentemente, a cada dia que passa os riscos tendem aumentar principalmente no que diz respeito às condições climáticas”, considera Glauber. Segundo ele, a probabilidade de perdas aumenta com o passar dos dias.

Confira abaixo o acompanhamento da 2ª safra de milho.

http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/11_03_04_ICSoja...pdf

http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/2011_03_04_IPMilho.pdf
Tags:
Fonte:
Aprosoja

0 comentário