Milho ainda absorve números do USDA e fecha com forte alta nesta segunda-feira em Chicago

Publicado em 05/04/2011 07:41 340 exibições
Os contratos futuros do milho subiram ontem, ainda na esteira da estimativa menor de estoques nos Estados Unidos, e com temores de que as tempestades no Meio-Oeste americano atrasem o plantio de primavera. De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), os estoques do milho caíram em 1º de março para o menor nível em quatro anos, para 6,523 bilhões de bushels. A queda ocorre no momento em que a demanda internacional por milho cresce para produção de ração e outros produtos. Na bolsa de Chicago, os papéis com vencimento em julho encerraram a US$ 7,6750 por bushel, com alta diária de 24,50 centavos de dólar. No mercado interno, o indicador Esalq/BM&FBovespa para a saca de 60 quilos do milho ficou em R$ 30,80, com variação diária positiva de 0,06%.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário