Preços de trigo e milho têm fortes valorizações

Publicado em 27/05/2011 07:29 519 exibições
O atraso do plantio de trigo em áreas das Planícies do nordeste dos Estados Unidos alimentou preocupações em relação ao futuro da produção no país e impulsionou as cotações do cereal na quinta-feira nas bolsas americanas. Em Chicago, os contratos para setembro - que ocupam a segunda posição de entrega, normalmente a de mais liquidez - encerraram o pregão a US$ 8,63 por bushel (27,2 quilos), alta de 17,50 centavos de dólar. Com isso, mostram cálculos do Valor Data, a valorização da segunda posição em 2011 chegou a 5,15%; em 12 meses, a alta atinge 80,17%.

O milho também subiu em Chicago por conta de notícias ligadas ao clima em regiões dos EUA. Nesse caso, porém, o problema não é a estiagem nas Planícies, mas o excesso de chuvas em regiões do Meio-Oeste. De qualquer forma, os futuros de segunda posição (setembro) subiram 3,50 centavos de dólar e fecharam a US$ 7,1825 por bushel (25,2 quilos). De acordo com o Valor Data, a segunda posição do milho na bolsa de Chicago acumula ganhos de 12,84% no ano e de 88,52% em 12 meses. A soja seguiu a trilha e trigo e milho.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário