Milho: colheita em ritmo lento chega a 2% em Mato Grosso

Publicado em 17/06/2011 16:26 539 exibições
A colheita do milho em Mato Grosso permanece a passos lentos. De acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), esta é a segunda semana após o início da colheita e apenas 2,6% do grão foram retirados das lavouras. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o processo está atrasado em 9,5%. Neste mesmo período da safra passada, já haviam sido colhidos 12,1%.

A maior região produtora do grão, Médio-Norte, é a mais adiantado com a colheita atingindo 3,6% dos 841 mil hectares. O Nordeste, com 72 mil hectares, já colheu 2,4% da área. Oeste já retirou de suas lavouras 1,9% da área estimada em 256 mil hectares. Centro-Sul e Sudeste colheram, ambas, 1,7% de suas áreas estimadas em 108 mil hectares e 402 mil hectares, respectivamente. Na "lanterninha" estão a região Norte (13 mil hectares) com 1,3% e Noroeste (58 mil hectares) com 1% colhidos, até o momento.

A área plantada do milho no Estado é de 1,7 milhão de hectares. O instituto projeta que a produção do milho mato-grossense deve sofrer queda de 10% em relação a safra passada. Naquela oportunidade, foram produzidos 8,4 milhões de toneladas e nesta safra a projeção é de colher 7,5 milhões de toneladas. A perda de produtividade pode ser explicada pelo atraso do plantio de milho, devido ao atraso do plantio de soja, além da falta de chuva para germinar a planta.
Tags:
Fonte:
Só Notícias

0 comentário