Milho: Demanda sinaliza recuperação; qualidade preocupa

Publicado em 26/07/2011 10:27 460 exibições
Compradores estiveram mais presentes no mercado interno de milho nos últimos dias, mas, de modo geral, dispostos a negociar apenas pequenas quantidades, conforme pesquisas do Cepea. Essa disposição coincide com o avanço da colheita das lavouras de segunda safra. As atenções também estão voltadas à qualidade do produto do Paraná e de parte de Mato Grosso do Sul. Depois das fortes geadas ocorridas no final de junho, agentes consultados pelo Cepea sinalizam que as chuvas observadas na semana anterior podem piorar a situação. Os preços, por sua vez, continuam firmes, sustentados pelo receio quanto ao impacto do clima e pelas expressivas valorizações do grão posto no porto de Paranaguá. Entre 18 e 25 de julho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (região de Campinas-SP; valores a prazo são convertidos para à vista pela taxa de desconto CDI) subiu 0,94%, fechando a R$ 30,14/saca de 60 kg na segunda-feira. Se considerada a taxa de desconto NPR, na região de Campinas, o preço médio à vista foi de R$ 29,57/sc de 60 kg na segunda, alta de 0,85% no mesmo período.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário