Publicidade

Preços do petróleo caem de máximas com dólar firme e avanço de casos de Covid no Reino Unido

Publicado em 17/06/2021 18:04 117 exibições

LOGO REUTERS

Por Scott DiSavino

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo recuaram quase 2% da máxima de vários anos, nesta quinta-feira, com o dólar fortalecido após o Banco Central dos Estados Unidos sinalizar que pode aumentar as taxas em 2023.

As preocupações com a demanda do petróleo voltaram após novos casos de coronavírus surgirem no Reino Unido, enquanto os receios de oferta sobre o retorno dos barris do Irã também pesaram no mercado.

Entretanto, operadores afirmaram que as eleições presidenciais do Irã nessa sexta-feira poderiam afastar negociações nucleares entre Washington e Teerã, e manter as sanções dos EUA sobre exportações de petróleo do Irã inalteradas.

Publicidade

Os futuros do brent caíram 1,31 dólar, ou 1,8%, para fechar em 73,08 dólares o barril, enquanto o petróleo dos EUA(WTI) recuou 1,11 dólar, ou 1,5%, para 71,04 dólares.

Na quarta-feira, o brent fechou em sua máxima desde abril de 2019 e o petróleo WTI no maior patamar desde outubro de 2018. Apesar dos recuos desta quinta-feira serem as maiores porcentagens de queda diárias desde maio, ambas as referência se encontram em alta de 40% no ano.

"O surgimento de casos de Covid no Reino Unido, apesar da rápida vacinação irá causar diversos alarmes sobre a velocidade de reabertura do resto da Europa", disse Edward Moya, analista sênior de mercado da Oanda, acrescentando que "o petróleo poderia estar pronto para futuras realizações de lucro, caso mais comentários otimistas resultem das últimas negociações nucleares do Irã".

Os estoque de gasolina dos EUA aumentaram em, inesperados, 2 milhões de barris na semana passada. A previsão de analistas indicava que as reservas diminuiriam 600 mil barris. [EIA/S]

(Reportagem adicional de Shadia Nasralla em Londres e Jessica Jaganathan em Cingapura)

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário