Petróleo cai abaixo de US$ 74 com aversão ao risco e de olho na produção do Golfo dos EUA

Publicado em 20/09/2021 08:43 e atualizado em 20/09/2021 10:39 1418 exibições
"A produção nos EUA, interrompida como resultado do furacão, está gradualmente voltando ao mercado", disse Carsten Fritsch

Logotipo Notícias Agrícolas

O petróleo caía mais de 1% nesta segunda-feira (20) nas bolsas internacionais. Segundo a Reuters, há um aumento da aversão ao risco pesando sobre os mercados de ações e impulsionando o dólar dos EUA, enquanto a produção de petróleo do Golfo do país volta a funcionar após dois furacões.

O dólar americano, visto como um porto seguro, subiu à medida em que as preocupações com a solvência da incorporadora de imóveis chinesa Evergrande assustavam os mercados de ações e os investidores se preparavam para as decisões do Federal Reserve esta semana.

"Os mercados de ações do Extremo Oriente e o dólar forte estão afetando o petróleo”, disse Tamas Varga, da corretora de petróleo PVM. "No entanto, a menos que todo essas incertezas fiquem claras, o sentimento positivo deve prevalecer".

O petróleo Brent caía US$ 1,15, ou 1,54%, para US$ 73,42 o barril às 08h38 (horário de Brasília), após mínima de US$ 71,81 na sessão. O WTI  recuava US$ 1,37, a US$ 70,44.

"A produção dos EUA no Golfo do México, que foi interrompida como resultado do furacão, está gradualmente voltando ao mercado", disse Carsten Fritsch, analista do Commerzbank. Um aumento na contagem de sondas dos EUA reforça a retomada da produção no país.

Com informações da Reuters

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário