Soja e milho têm margem de garantia reduzida nos contratos futuros

Publicado em 19/08/2013 14:31
716 exibições

O CME Group anunciou que, a partir do fechamento desta terça-feira (20), os especuladores contarão com uma margem de garantia reduzida para os contratos futuros de commodities agrícolas.

Para o milho, os especuladores poderão depositar US$2.025 para abrir uma posição futura. Anteriormente, este número era de US$2.700. Na soja, a margem inicial também teve redução, de US$4.590 para US$4.050, e a margem de manutenção passou de US$3.400 para US$3.000.

Segundo o CME Group, participantes com hedge também terão depósitos reduzidos para milho e soja. Outras commodities que também tiveram as margens reduzidas foram o porco magro, o óleo de soja, o farelo de soja, o boi vivo, o bezerro e o arroz em casca.

Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário