Prazo para renegociar dívidas do FCO termina dia 31 de dezembro

Publicado em 02/12/2014 14:49 333 exibições

Produtores rurais de Mato Grosso que estão em débito com o Fundo Constitucional do Centro Oeste (FCO) terão até o dia 31 de dezembro para renegociar as dívidas. Podem ser renegociadas as operações contratadas desde a criação do FCO até o período de 31 de dezembro de 2008 e que estavam em situação de inadimplência até 30 de dezembro de 2012. A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) alerta para o prazo e considera as condições de negociação favoráveis ao produtor.
 
Em Mato Grosso, o Banco do Brasil é a instituição autorizada pelo Banco Central do Brasil (Bacen) a realizar o procedimento. “As parcelas que estão em atraso voltam para a situação de normalidade, sem a incidência de bônus de adimplência, mais o rebate, multa, mora e demais encargos. Além disso, o produtor que optar pela renegociação terá o prazo de 10 anos para pagar a dívida”, informa a analista de agricultura da Famato, Karine Machado.
 
“Como em Mato Grosso, não há mais unidades de cobrança do Banco do Brasil e o prazo já está terminando, é importante que os produtores interessados em renegociar a dívida procurem o quanto antes o seu respectivo gerente para que a operação seja localizada, pois após esse contato com a agência o produtor ainda terá que entrar em contato com unidade de cobrança do banco fora do estado, que por sua vez lhe encaminhará para um escritório de advocacia que estará a serviço do Banco do Brasil”, acrescenta Karine.
 
A Famato orienta aos produtores que após localizada a dívida o produtor formalize a solicitação de renegociação pelo e-mail o quanto antes para o referido escritório com cópia para a GECOR (unidade de Cobrança do Banco do Brasil) e para o gerente da sua agência.
Veja o informativo técnico sobre a renegociação no link: http://sistemafamato.org.br/portal/famato/informativo_completo.php?id=254

A Famato é a entidade que representa 87 Sindicatos Rurais de Mato Grosso. Junto com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), forma o Sistema Famato. Acompanhe as redes sociais: www.facebook.com/sistemafamato e @sistemafamato (twitter e instagram).

Fonte:
Famato

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário