No Estadão: Operação da PF investiga desvios no Fome Zero e prende 11

Publicado em 24/09/2013 14:26
350 exibições

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira, 24, operação que investiga esquema de desvio de recursos públicos de programa vinculado ao Fome Zero, mantido pelo governo federal. Foram cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca em 15 cidades do Paraná, além de Bauru (SP) e Três Lagoas (MS). Ao todo, 11 pessoas foram presas, entre elas o coordenador de operações da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) no Paraná, Valmor Luiz Bordin.

Após o começo da Operação Agro-Fantasma, o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rubens Rodrigues dos Santos, determinou o afastamento do superintendente da empresa no Paraná, Luis Carlos Vissoci. Ele é suspeito de participar em fraudes no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que envolve a compra de alimentos produzidos pela agricultura familiar, sem necessidade de licitação. A iniciativa é uma das ações do governo federal no Programa Fome Zero.

Leia a notícia na íntegra no site de O Estado de S. Paulo.

Conab afasta superintendente do PR suspeito de fraude

O presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rubens Rodrigues dos Santos, determinou o afastamento do superintendente da empresa no Paraná, Luis Carlos Vissoci, por causa das suspeitas de participação em fraudes no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que envolve a compra da produção da produção da agricultura familiar, uma das ações do governo federal no Programa Fome Zero.

As fraudes na Conab foram alvo da Operação Agro-Fantasma, deflagrada na manhã desta terça-feira, 24, Segundo a PF, a investigação iniciada em 2011 começou pela cidade de Guarapuava (PR), a partir da deflagração de outra operação, denominada "Feira Livre", que investigou as fraudes em um dos municípios da região.

Leia a notícia na íntegra no site de O Estado de S. Paulo

Fonte: O Estado de S. Paulo

0 comentário