Às vésperas da eleição, dólar opera em alta e chega a R$ 2,50 nesta sexta-feira

Publicado em 03/10/2014 09:56 220 exibições
Mercados seguem atentos às pesquisas eleitorais. Na quinta-feira, moeda fechou no maior valor desde 2008.

O dólar opera em alta nesta sexta-feira (3), e chegou a R$ 2,50, maior cotação desde o final de 2008, após a divulgação de novas pesquisas eleitorais no Brasil e com os investidores aguardando a divulgação do relatório de emprego dos Estados Unidos, que deve apresentar mais pistas sobre o futuro da política monetária da maior economia do mundo. Por volta das 9h50, a moeda norte-americana era vendida a R$ 2,5005, em alta de 0,35%.

Na quinta-feira, foram divulgadas novas pesquisas do Datafolha e do Ibope, ambas mostrando a presidente Dilma Rousseff (PT) liderando a disputa nos dois turnos. No levantamento do Datafolha, Aécio Neves (PSDB) aparece em empate técnico com Marina Silva (PSB) no primeiro turno, gerando incertezas sobre quem chegará à segunda rodada da disputa.

Leia a notícia na íntegra no site do G1.

No Valor: Dólar retoma patamar de R$ 2,50 após indicador mais forte nos EUA

O dólar comercial superou a marca de R$ 2,50 logo após a abertura do mercado nesta sexta-feira, zerou os ganhos, passou a cair, mas tornou a renovar as máximas em quase seis anos em seguida, na esteira da divulgação de dados mais fortes vindos do mercado de trabalho americano, que referendaram apostas numa possível antecipação na alta de juros nos Estados Unidos.

Às 9h49, o dólar comercial subia 0,41%, a R$ 2,5014. Na máxima, a cotação foi a R$ 2,5044, maior patamar desde dezembro de 2008. Na mínima, caiu a R$ 2,4874. O dólar para novembro tinha alta de 0,20%, a R$ 2,5210, depois de oscilar entre R$ 2,5245 e R$ 2,5065.

Leia a notícia na íntegra no site do Valor Econômico.

Fonte:
G1 + Valor Econômico

0 comentário