No G1: Queda no preço do petróleo ajuda balança comercial, avalia Tombini

Publicado em 17/12/2014 09:43 82 exibições

A queda do preço internacional do petróleo ajuda a balança comercial brasileira, pelo fato de o Brasil ainda mais importar do que exportar o produto, segundo avaliou o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, nesta quarta-feira (17), durante café da manhã jornalistas.

De acordo com os cálculos da autoridade monetária, o preço do barril do petróleo atual, em torno de US$ 55 a US$ 60 (tipo brent), terá um impacto positivo nas transações do Brasil com o exterior de US$ 5 bilhões a US$ 10 bilhões no ano que vem.

"Você tem esse aspecto favorável. Naturalmente, todas empresas do setor no mundo devem estar revisando seus planos de investimentos, avaliando se esse cenário é duradouro. Há cinco meses, o petróleo estava em US$ 110 [o barril] e ninguém falava em queda do petróleo. Difícil dizer se esse preço se sustenta. Com a revisão dos investimentos no próximo ano [pelas empresas do setor, é natural que a oferta seja afetada ao longo do tempo e que isso gere um impacto lá na frente [de aumento do preço]", declarou Tombini a jornalistas. Outra consequência da queda do preço do petróleo, segundo ele, é seu impacto favorável na inflação.

Leia a notícia na íntegra no site do G1.

Fonte:
G1

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário