Graça Foster afirma que ex-gerente não foi clara em relação a denúncias

Publicado em 23/12/2014 09:26 e atualizado em 23/12/2014 15:40 148 exibições
Ao JN, presidente da Petrobras disse que Venina nunca falou em corrupção. No domingo (21), ex-gerente da estatal concedeu entrevista ao Fantástico.

A presidente da Petrobras, Graça Foster, disse nesta segunda-feira (22), em entrevista exclusiva ao Jornal Nacional, que recebeu mensagens e conversou pessoalmente com a ex-gerente da estatal Venina Velosa da Fonseca antes de ser deflagrada, em março, a Operação Lava Jato, que investiga um esquema de corrupção na empresa. Graça, no entanto, reafirmou que a ex-gerente não foi clara em relação às denúncias de irregularidades e que em um e-mail longo enviado em outubro de 2011 não mencionou em "nenhum momento" em corrupção, fraude, cartel ou conluio.

Veja a íntegra da entrevista de Graça Foster ao repórter Paulo Renato Soares: "JN entrevista Graça Foster com exclusividade"

"Os e-mails que eu recebi da Venina foram e-mais de feliz aniversário, e-mail relativo quando eu tomei posse na Petrobras. Um primeiro e-mail, que foi o primeiro que ela cita, que fala de abril de 2009, simples compreensão. E este quarto e-mail, de outubro de 2011. Ele é um e-mail longo, bastante emocionado, cheio de preocupações dela e, em quatro linhas, ela faz alguns comentários que me pareceram assim bastante cifrados, quando ela fala em licitações ineficientes. Ontem [domingo], ela explicou o que que é o projeto esquartejados e tal. Em nenhum momento, nenhum momento, ela fala em corrupção, fraude conluio, cartel. São palavras muito simples de serem entendidas", ressaltou Graça Foster.

Leia a entrevista completa no site do G1

Fonte:
G1

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

3 comentários

  • laércio p. saretta Caçapava do Sul - RS

    De qualquer maneira,mesmo que Graça(??) Foster tenha um nível de compreensão dos fatos, abaixo de alunos do jardim de infância,sua esfera de informação,subordinação e responsabilidade não limitava-se a Venina.É inacreditável que essa pessoa continue a comandar a estatal.

    0
  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

    No Brasil, já não existe política pública de segurança, justiça, agrícola, e mesmo política pública social como os comunas gostam tanto de falar, o que existe no Brasil é apenas e tão somente política partidária! Os legisladores, os juízes, as autoridades, as entidades, as representações de classe, ONGs, todos trabalham em prol de uma política ideologizada, de forma que um produtor pode ser preso, autuado, achacado, pelo poder público por derrubar uma árvore ou mesmo criar um porco fora dos “regulamentos” estatais, ao mesmo tempo em que bandidos, ladrões, facínoras, dentro de seus terninhos bem costurados dão entrevistas aos meios de comunicação, com respeito, com deferência, para enfim iludir os pobres coitados de que são pessoas respeitáveis e honestas.

    0
  • amarildo josé sartóri vargem alta - ES

    É de doer!!! Se a Graça Foster não tem capacidade de interpretar e entender um E-mail, repleto de palavras que no mínimo deveriam despertar na mente de uma profissional tão competente a desconfiança. Penso então que deveria passar por uma reciclagem ou talvez um curso no PRONATEC, como sugeriu a Dilma em sua campanha eleitoral aos infortúnios desempregados.

    0