Teto de gasto avança 'rapidíssimo' , diz Meirelles

Publicado em 13/09/2016 07:17
66 exibições

O ministro Henrique Meirelles (Fazenda) respondeu nesta segunda­feira (12) a críticas sobre a lentidão na tramitação da proposta do governo de fixar um teto dos gastos. O objetivo, segundo ele, é aprovar a alteração constitucional ainda neste ano.

"Comparado com a ansiedade de todos nós, está devagar. Mas, comparado com o fato de que é a primeira reforma constitucional que endereça e ataca o problema dos gastos desde a Constituinte de 1988, está indo rapidíssimo, numa velocidade estonteante. Mudanças constitucionais não se fazem em semanas em nenhum lugar do mundo, a não ser em países ditatoriais."

O ministro participou de evento organizado pelo jornal "Valor Econômico", em São Paulo.

Em seu discurso, ele ressaltou que, se aprovado, o teto de crescimento dos gastos públicos fará com que, pela primeira vez desde a Constituição de 1988, um governo termine com despesas como percentual do PIB menores do que quando começou.

"O compromisso do governo de que teremos a aprovação dessa PEC [proposta de emenda constitucional] até o fim do ano é de uma velocidade extraordinária em temos históricos." 

Leia a notícia na íntegra no site Folha de S.Paulo.

Fonte: Folha de S.Paulo

Nenhum comentário