Petróleo escala a máxima de 3 semanas com comentários de Putin sobre acordo na OPEP

Publicado em 21/11/2016 10:25 e atualizado em 21/11/2016 11:18
293 exibições

Investing.com - Os preços do petróleo atingiram a máxima de 3 semanas durante o pregão europeu na segunda-feira, agregando às fortes altas da última semana ainda mais expectativas de que os produtores de petróleo do mundo encontrarão uma forma de limitar a produção na reunião marcada para o fim do mês.

O petróleo Brent para entrega em janeiro na bolsa de futuros de Londres, a ICE Futures Exchange, registrou rali a uma máxima de US$ 47,72 o barril no intradia, maior valor desde 2 de novembro. A commodity abriu em US$ 47,60 às 7h, horário de Brasília, em alta de US$ 0,69, ou 1,47%.

O Brent futuro negociado em Londres registrou alta de US$ 2,11, ou 4,5%, na semana passada, depois de sofrer quedas em todas as últimas quatro semanas.

Nos EUA, o petróleo bruto para entrega em janeiro avançou US$ 0,69, ou 1,49%, na Bolsa de Valores de Nova Iorque, marcando US$ 47,05 o barril, depois de chegar a US$ 47,20, nível inédito desde 1º de novembro.

Na semana passada, o petróleo futuro negociado em Nova Iorque saltou US$ 2,28, ou 5%, depois de três semanas de queda seguidas.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, vê uma "alta probabilidade" de se chegar a um acordo para frear a produção de petróleo na reunião marcada para o fim deste mês.

Leia a notícia na íntegra no site da Investing.com

Fonte: Investing.com

0 comentário