Com novo recuo do PIB, gestão de Henrique Meirelles na Fazenda volta a ser alvo de críticas

Publicado em 02/12/2016 06:44
112 exibições

Nós aqui outra vez O ministro Henrique Meirelles tornou a virar alvo de críticas. A pressão para que a equipe econômica tire da cartola medidas para retomar o crescimento ganhou força após o decepcionante recuo de 0,8% do PIB no terceiro trimestre. Os investimentos caíram e provocaram uma onda de queixas ao presidente. Cobra-se mais criatividade da Fazenda. Uma frase resume o sentimento geral em Brasília: “A equipe dos sonhos não está conseguindo entregar os sonhos da equipe”.

Esperando Godot Palacianos estão frustrados. Esperavam que a estabilização da atividade econômica tivesse se confirmado agora.

Geleia geral Para o mercado, enquanto houver forte desarranjo institucional — Ministério Público brigando com Legislativo; Legislativo em guerra com Judiciário; Judiciário às turras com Executivo — os investimentos de longo prazo não chegarão.

Agora vai O governo bateu o martelo. Reúne as centrais sindicais e os líderes do Congresso na segunda-feira (5) e apresenta a reforma da Previdência logo depois, possivelmente na terça (6).

Assim, sei lá Com Geddel Vieira Lima fora e Eliseu Padilha se recuperando de uma crise de pressão alta, aliados notaram Temer um pouco “solitário” no Planalto.

Última ceia O centrão vai se reunir na casa de Jovair Arantes (PTB-GO) na segunda à noite para apresentar os nomes das prévias e fazer uma tentativa derradeira de acordo pelo comando Câmara.

Leia a notícia na íntegra no site Folha de S.Paulo.

Fonte:
Folha de S.Paulo

0 comentário