Banco aponta tendência de real se valorizar mais, apesar de Trump

Publicado em 09/01/2017 06:15
153 exibições

Depois de ter subido quase 18% em relação ao dólar em 2016, com o melhor desempenho mundial, o real tem boas chances de continuar se valorizando em 2017, na avaliação do Goldman Sachs.

A perspectiva é otimista não só para a moeda brasileira como para as dos outros países que compõem o grupo emergente Brics, com exceção da China, ou seja, Rússia, Índia e África do Sul.

Segundo o banco, o real, o rublo, a rupia e o rand devem prosseguir com o "rally" visto em dezembro. Essas moedas ficaram entre as que tiveram os melhores retornos no mês passado, depois da desvalorização generalizada em novembro por causa da inesperada vitória de Donald Trump para a Presidência dos Estados Unidos.

O real avançou 4% em dezembro ante o dólar e iniciou a primeira semana de 2017 com ganho de 1%. A moeda americana está cotada agora na casa dos R$ 3,22.

Leia a notícia na íntegra no site Folha de S.Paulo.

Fonte:
Folha de S.Paulo

0 comentário