Preços do petróleo recuam com início das sanções dos EUA sobre o Irã

Publicado em 05/11/2018 10:56
70 exibições

LOGO REUTERS

Por Christopher Johnson

LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do petróleo recuavam nesta segunda-feira, com as sanções dos Estados Unidos contra as exportações do Irã sendo suavizadas por permissões para grandes compradores importarem o petróleo iraniano por um tempo, enquanto Teerã disse que desafiará Washington e continuará a vender.

O petróleo Brent recuava 0,18 dólar, ou 0,25 por cento, a 72,65 dólares por barril, às 9:18 (horário de Brasília).

O petróleo dos Estados Unidos caía 0,31 dólar, ou 0,49 por cento, a 62,83 dólares por barril.

Ambos os contratos de referência do petróleo perderam mais de 15 por cento do preço desde que atingiram máximas de quatro anos no início de outubro, com os fundos hedge reduzindo as apostas altistas sobre o petróleo para o menor nível em um ano, mostram dados.

Washington impôs sanções contra o Irã nesta segunda-feira, restaurando medidas suspensas sob um acordo nuclear de 2015 negociado pelo governo do ex-presidente dos EUA Barack Obama, e adicionando 300 novas designações, incluindo petróleo, transporte, seguros e bancos.

Em resposta, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, disse em um discurso transmitido pela TV estatal que o Irã vai ignorar as sanções e continuaria a vender petróleo.

Washington concedeu algumas isenções. Os Estados Unidos disseram na sexta-feira que permitirão temporariamente que oito importadores continuem comprando petróleo iraniano.

Os mercados de petróleo têm antecipado as sanções há meses e os maiores produtores do mundo têm aumentado a produção.

A produção conjunta dos principais produtores mundiais --Rússia, Estados Unidos e Arábia Saudita-- subiu acima de 33 milhões de barris por dia (bpd) em outubro, aumento de 10 milhões de bpd em relação a 2010.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário