Maduro diz que vai receber na Venezuela um grupo de contato ligado à UE, mas acusa bloco de ser "surdo"

Publicado em 08/02/2019 16:15
52 exibições

LOGO REUTERS

CARACAS (Reuters) - O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, estava pronto na sexta-feira para receber o Grupo de Contato Internacional, organizado com o apoio da União Européia, mas acusou anteriormente o bloco de países de ser "surdo" e tomar uma posição parcial na crise que sua nação está vivendo.

"Estou pronto e disposto a receber qualquer enviado do grupo de contato", disse Maduro. "Espero que eles nos escutem", acrescentou.

Um grupo de países europeus e latino-americanos realizou uma reunião em Montevidéu, capital do Uruguai, nesta semana, onde concordaram em enviar uma missão à Venezuela para buscar garantias e realizar as eleições presidenciais o mais breve possível.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário