Mercados mistos nesta 2ª (11) cautelosos por China-EUA e Congresso sobre Previdência

Publicado em 11/02/2019 10:37 e atualizado em 11/02/2019 15:04
97 exibições

LOGO nalogo

Sob a expectativa do mercado em um PIB de mais 2,5% em 2019, como o apontado pelo Boletim Focus nesta segunda (11) reprisando a pesquisa passada, e com os parlamentares não mostrando disposição para unificaçãos dos sexos na aposentadoria, e com a China menos pessimista quanto às negociações, porém emperradas, com os Estados Unidos, os negócios seguem mistos.

O Ibovespa Futuros abriu em alta, depois do último fechamento em mais 1,14%, mas inverteu as posições para menos e passou ampliar as perdas em mais de 1,20%, com um pouco do movimento de realização. O Ibovespa acompanhou a abertura em leve alta também, apoiado por Embraer, e passou a perder também na casa dos 1,30%, por Petrobras e bancos.

O dólar vai ainda em certa estabilidade, mas ampliou os ganhos para 0,80%, a R$ 3,73, pouco acima do fechamento da sexta em 0,35%, a R$ 3,7299. 

A Previdência continua no centro das atenções e com os investidores atentos às possibilidade de novidades, como a que apontou hoje a preferência do Congresso por idades diferentes entre homens e mulheres para a aposentadoria. Alguns traders alertam ainda para os casos do PSL, partido do presidente, denunciados pela Folha de S. Paulo, sobre possíveis candidatos "laranja", e como isso pode desgastar politicamente no Congresso.

No cenário global, Pequim está mais otimista com as negociações com Donald Trump, apesar do quase zero avanço nas questões envolvendo propriedade intelectual. Mas ensaios da Marinha americana perto da China deixaram os chineses irritados, o que demonstra que as tensões sempre estão em alta.

O barril do petróleo Brent está dentro de sua trajetória dos últimos dias, oscilando pouco acima pouco abaixo do US$ 62.

Leia também:

>> China mostra otimismo com negociações comerciais com EUA, mas tensões sobre Mar do Sul da China pesam

Por: Giovanni Lorenzon
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário