Índices da China atingem máxima de 9 meses no fechamento por expectativa de estímulo

Publicado em 06/03/2019 08:04
63 exibições

LOGO REUTERS

XANGAI (Reuters) - Os índices acionários da China avançaram nesta quarta-feira para máximas de nove meses no fechamento, impulsionados por expectativas de que Pequim vai buscar mais estímulo neste ano para sustentar a economia, mesmo com os investidores buscando novidades nas negociações comerciais com os Estados Unidos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,84 por cento, a 3.848,09 pontos, maior nível de fechamento desde 23 de maio de 2018.

O índice de Xangai teve alta de 1,57 por cento, a 3.102,10 pontos, fechamento mais elevado desde 7 de junho de 2018.

O órgão de planejamento estatal da China disse nesta quarta-feira que o governo vai implementar medidas para aumentar mais o consumo doméstico neste ano.

Pequim anunciou cortes de impostos e gastos de infraestrutura na terça-feira, para reduzir o risco de uma desaceleração econômica mais acentuada.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,60 por cento, a 21.596 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,26 por cento, a 29.037 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,57 por cento, a 3.102 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,84 por cento, a 3.848 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,17 por cento, a 2.175 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,50 por cento, a 1.357 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,35 por cento, a 3.222 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,75 por cento, a 6.245 pontos.

Fonte Reuters

Nenhum comentário