Ministro árabe diz que Rússia está comprometida com cortes de produção da Opep+

Publicado em 10/04/2019 16:22
36 exibições

LOGO REUTERS

ABU DHABI (Reuters) - O ministro da Energia dos Emirados Árabes Unidos declarou nesta quarta-feira que a Rússia está comprometida com seu acordo de corte de produção de petróleo com a Opep e que não ampliaria sua geração a menos que fosse em coordenação com o grupo exportador.

Suhail bin Mohammed al-Mazroui também afirmou que a conformidade ao acordo tanto pela Rússia quanto pelo Iraque, segundo maior produtor da Opep, aumentou em março, acrescentando que espera que o mercado do petróleo atinja o equilíbrio até o final de 2019.

"A Rússia não aumentará sua produção, a menos que seja em coordenação com o restante dos países da Opep", disse al-Mazroui.

"Acredito na sabedoria da Rússia, e acredito que a Rússia se beneficiou desse acordo... Não vejo nenhuma razão para que a Rússia não continue conosco."

Falando em conferência em Abu Dhabi, o ministro também afirmou que, se necessário, os Emirados Arábes Unidos poderiam ampliar sua produção de petróleo para até 3,5 milhões de barris por dia (bpd), ante geração atual, sob o acordo de redução da Opep+, de cerca de 3 milhões de bpd.

(Reportagem de Dahlia Nehme e Hadeel Al Sayegh)

Fonte: Reuters

0 comentário