BC sabe como "criar a maior revolução no mercado de crédito", diz Campos Neto

Publicado em 20/08/2019 18:36 e atualizado em 20/08/2019 20:57
374 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta terça-feira que a autarquia está empenhada em aumentar a intermediação financeira, dando mais acesso ao mercado a pequenas empresas, estimulando a educação financeira e contando também com o financiamento estrangeiro.

Ele ressaltou que esse processo "tem correlação direta" com o Produto Interno Bruto (PIB).

"No BC estamos pensando grande, queremos e sabemos como criar a maior revolução no mercado de crédito que esse país já viu", afirmou Campos Neto, sem dar mais detalhes, em cerimônia no Palácio do Planalto para marcar o lançamento de empréstimos imobiliários referenciados no IPCA.

Ainda que as principais missões da autoridade monetária sejam a estabilidade de preços e do sistema financeiro nacional, a agenda da autarquia vai muito além disso, disse o presidente do BC.

"Grande parte do que nós nos perguntamos é o que podemos fazer para contribuir com o crescimento do país?", disse Campos Neto.

"Nós gastamos um bom tempo pensando como podemos fazer um crescimento mais saudável no longo prazo através de novas regras no sistema financeiro, para incluir mais, e de uma forma mais abrangente, o setor privado."

(Texto de Isabel Versiani)

Fonte: Reuters

0 comentário