HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Ibovespa cai 0,65%; vencimento de opções de índice leva giro a R$35 bi

Publicado em 13/11/2019 18:06 e atualizado em 14/11/2019 07:05
61 exibições

LOGO REUTERS

Por Peter Frontini

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa brasileira registrou nova queda nesta quarta-feira, diante de novas notícias sobre as negociações comerciais entre EUA e China que colocaram investidores em modo de alerta.

O Ibovespa caiu 0,65%, a 106.059,95 pontos. O giro financeiro da sessão, turbinado pelo vencimento dos contratos de opções de índice, somou 35,1 bilhões de reais.

A tensão envolvendo o futuro das negociações comerciais entre Estados Unidos e China se manteve em pauta, alarmando investidores ao redor do mundo.

Na véspera, o presidente dos EUA, Donald Trump fez declarações mistas, ditando cautela no mercado. Mas o pessimismo se intensificou após o Wall Street Journal publicar que as negociações "esbarraram em um obstáculo" sobre as compras de produtos agrícolas, com a China não querendo um acordo que pareça unilateral a favor dos EUA.

Apesar de forte queda momentânea, Wall Street sentiu menos os efeitos negativos, com declarações do chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, agradando investidores ao afirmar que vê uma expansão sustentável da atividade econômica. O S&P 500 avançou 0,07%.

Mais influenciado pelo noticiário envolvendo economias emergentes, a bolsa paulista teve um tom mais pessimista, em meio a incertezas envolvendo Chile, Bolívia e Argentina. A queda aqui não foi maior devido a expectativas mais animadoras envolvendo a economia brasileira.

"A baixa presença externa estrutural nos mercados de ativos brasileiros e perspectivas construtivas de reformas tornam os ativos brasileiros atrativos, especialmente para investidores com um horizonte temporal mais longo", apontaram analistas do Credit Suisse, em nota.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou depois de reunião bilateral com o presidente chinês, Xi Jinping, que o governo e os empresários brasileiros querem ampliar e diversificar o comércio com a China.

Segundo o secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, o governo brasileiro tem conversas para ampliar o número, o escopo e o valor agregado dos produtos que o Brasil hoje exporta para a China.

Na quinta-feira, véspera de feriado, os investidores vão conferir uma bateria de dados internacionais, incluindo da China, e domésticos e o IBC-BR, prévia do PIB de setembro, e o IGP-10 de novembro. Haverá ainda o encerramento da temporada de balanços do terceiro trimestre, com resultados de empresas como JBS e Sabesp.

DESTAQUES

- BRADESCO PN perdeu 1,03%, em sessão de fraqueza dos papéis de bancos. SANTANDER BR cedeu 1,61% e ITAÚ UNIBANCO PN recuou 1,01%. BTG PACTUAL teve baixa de 1,69%.

- COGNA ON ganhou 1,79%. A empresa afirmou ver um ambiente concorrencial mais racional, mas isso ainda não permite estimar quando o movimento de aumento de provisões para perdas com inadimplência será revertido. No setor, YDUQS avançou 2,3%.

- TIM PART ON evoluiu 2,68%, na ponta positiva do índice. Até a véspera, papéis da empresa acumulavam alta de 7,62% em novembro. OI, fora do índice, encerrou estável, em meio a comentários da rival Telefónica de que a empresa iniciou processo para venda de sua operação de telefonia móvel. Telefônica Brasil fechou em queda de 0,4%.

- MAGAZINE LUIZA ON perdeu 2,07%, após a empresa precificar oferta primária a 43 reais por ação. B2W GLOBAL ON retrocedeu 0,57%.

- VIA VAREJO ON declinou 0,99%, devolvendo a maior parte das perdas de mais cedo na sessão, quando chegou a cair mais de 9%. A empresa afirmou ter recebido denúncias anônimas de irregularidades na contabilidade, mas disse que investigações preliminares não confirmaram as alegações.

- PETROBRAS ON e PETROBRAS PN perderam 0,37% e 0,4%, respectivamente, não acompanhando a alta dos preços dos contratos futuros do petróleo no exterior.

- CPFL ENERGIA ON caiu 1,25%. EQUATORIAL ON subiu 0,29%, enquanto COPEL PNB teve incremento de 3,9%. ELETROBRAS PNB registrou queda de 2,5%.

Fonte: Reuters

0 comentário