Mercado acionário da China se recupera e fecha em alta após Pequim acalmar nervosismo sobre vírus

Publicado em 22/01/2020 09:28
34 exibições

LOGO REUTERS

Por Noah Sin e Winni Zhou

HONG KONG/XANGAI (Reuters) - O mercado acionário da China reverteu as perdas anteriores e terminou em alta nesta quarta-feira, uma vez que Pequim prometeu conter o surto de vírus que matou nove pessoas e infectou 440 no país.

O coronavírus se espalhou de Wuhan para várias outras cidades e o exterior, no momento em que milhões de pessoas se preparam para viajar para o feriado do Ano Novo Lunar na China, entre 24 e 31 de janeiro.

"Se a pneumonia não puder ser contida no curto prazo, esperamos que as vendas no varejo, turismo e hotéis da China, atividades de viagem, devem ser afetadas, especialmente no primeiro trimestre e início do segundo", disse analistas do UBS em nota nesta quarta-feira.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,43%, enquanto o índice de Xangai teve ganho de 0,28%. Pela manhã os índices chegaram a atingir os níveis mais baixos do ano.

A recuperação aconteceu após uma entrevista à imprensa televisionada da Comissão Nacional de Saúde da China, em que o vice-ministro Li Bin afirmou que o governo está intensificando as medidas de contenção em hospitais e ampliando a cooperação com a Organização Mundial de Saúde.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,70%, a 24.031 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,27%, a 28.341 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,28%, a 3.060 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,43%, a 4.131 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,23%, a 2.267 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX permaneceu fechado.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,21%, a 3.253 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,94%, a 7.132 pontos.

(Reportagem de Noah Sin)

Fonte: Reuters

0 comentário