Estado de Nevada paralisa apuração e diz que só voltará a contabilizar amanhã, quinta

Publicado em 04/11/2020 10:48 e atualizado em 04/11/2020 12:40 3041 exibições

LOGO estadao

O órgão eleitoral do Estado de Nevada disse nesta quarta-feira que só voltará a atualizar resultados da apuração local da corrida presidencial dos EUA na quinta-feira (5). Joe Biden tem uma pequena vantagem sobre o presidente Donald Trump no Estado, mas um número significativo de cédulas ainda não foi contabilizado.

Segundo o órgão, todos os votos presenciais antecipados e da eleição de ontem, assim como os recebidos pelo correio até segunda-feira (2), já foram contados. Faltam, porém, os votos pelo correio que chegaram ontem, votos pelo correio que ainda devem chegar ao longo da próxima semana e votos provisórios.

"É difícil estimar os votos restantes em Nevada porque cada eleitor recebeu uma cédula por e-mail. Obviamente, nem todos irão votar", afirmou o órgão em sua conta oficial no Twitter.

Filadélfia segue apurando votos e não há prazo pata conclusão, dizem autoridades

LOGO REUTERS

WASHINGTON (Reuters) - As autoridades da cidade da Filadélfia, no Estado norte-americano da Pensilvânia, disseram nesta quarta-feira que ainda estão apurando os votos da eleição presidencial dos Estados Unidos e não deram um prazo para quando esperam concluir a contagem.

A comissária da cidade, Lisa Deeley, disse que cerca de 141 mil dos cerca de 351.069 votos enviados pelo correio foram contatos. Ela disse que as autoridades da cidade estão "segregando" as cédulas recebias após o fechamento das seções eleitorais.

'AP' prevê vitória de Biden no Maine e Arizona; democrata tem 238 delegados

Com base em dados de pesquisa de boca de urna, combinado com resultados preliminares, a Associated Press projeta que o candidato do Partido Democrata, Joe Biden, venceu a disputa nos estados do Maine e do Arizona, considerados Estados-pêndulos - sem preferência partidária definida e que, portanto, costumam ser apertados.

Com isso, pelos cálculos da AP, Biden tem, até agora, 238 delegados, enquanto Trump soma 213. Para ser eleito, um candidato precisa obter 270 votos no colégio eleitoral. Fonte: Associated Press.

Biden volta a liderar e tem favoritismo em bolsas de apostas

LOGO estadao

O candidato do Partido Democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, aparece com cerca de 70% de chances de ser eleito em duas bolsas de apostas, após chegar a ser ultrapassado pelo presidente Donald Trump durante a madrugada desta quarta-feira (4). Com a apuração mais favorável para Biden nos Estados de Michigan e Wisconsin, o ex-vice-presidente, agora, tem 72,46% das apostas no site Smarkets, frente a 26,67% de Trump. Já no Action Network, Biden tem 68,4%.

Mais cedo, após a confirmação da vitória republicana no importante Estado da Flórida, o presidente chegou a concentrar 70% das apostas. No entanto, o democrata venceu no Arizona e aparece na liderança no Wisconsin.

Fonte:
Estadão Conteúdo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário