Wall Street salta com perspectiva de Congresso dividido nos EUA

Publicado em 05/11/2020 13:36 e atualizado em 05/11/2020 19:36 91 exibições

LOGO REUTERS

Os principais índices de Wall Street tinham forte alta nesta quinta-feira, com investidores apostando em um Senado controlado pelos republicanos que bloquearia qualquer tentativa de um eventual governo Joe Biden de restringir as regulamentações e aumentar os impostos das empresas, mesmo com a eleição ainda indefinida.

O Nasdaq chegou a subir 2,7% e estava próximo de seu recorde de fechamento alcançado em 2 de setembro.

O índice de semicondutores Filadélfia SE disparou 4,1% para patamar recorde, enquanto papéis de tecnologia e de serviços de comunicação lideravam os ganhadores entre os índices S&P.

O índice de materiais também atingiu um recorde, impulsionado pelo aumento de 7,6% nas ações da produtora de gás industrial Linde, que elevou suas expectativas de lucro para o ano.

Com o presidente Donald Trump e seu rival democrata Biden ainda aguardando definição de Estados-chaves que devem definir a eleição, os investidores se voltavam ao cenário central da década passada: comprar ações com a enxurrada de estímulos monetários extras que percorrem o sistema financeiro.

Biden chegou mais perto da vitória na disputa pela Casa Branca na quinta-feira após vencer em Michigan e Wisconsin, mas parecia improvável que os democratas ganhassem o Senado, tornando potencialmente difícil para um governo democrata aumentar o controle sobre as grandes empresas de tecnologia e outros negócios.

"Os mercados preferem um governo dividido", disse Brian Levitt, estrategista de mercado global da Invesco.

"Preocupações incessantes sobre as principais questões e temores com as perspectivas de alta de impostos, com um New Deal Verde e mudanças na legislação do Obamacare parecem ter sido em vão."

Ações das gigantes de tecnologia Apple, Amazon.com e Alphabet Corp, grandes beneficiadas com as políticas de isolamento este ano, seguiam em alta após fortes ganhos nas quarta-feira.

O índice de volatilidade VIX, que subiu nos últimos meses com os investidores temendo que a votação pudesse provocar quedas nas ações, recuou para seu nível mais baixo em três semanas.

Às 13:29 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 2%, a 28.404 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 2,064505%, a 3.515 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 2,34%, a 11.862 pontos.

É momento de deixar instituições trabalharem, diz Fed, sobre eleições

LOGO estadao

Presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell fez um comentário protocolar sobre sua avaliação relativa aos efeitos das eleições para a Casa Branca e o Congresso nos EUA para a administração da política monetária, ao destacar que o pleito "não foi foco central de discussão da reunião do FOMC", referindo-se à sigla em inglês para o Comitê Federal de Mercado Aberto. "É momento de deixar as instituições trabalharem", disse Powell.

De acordo com Powell, os dirigentes do Fed poderão "olhar para novas ferramentas" de política monetária, se as condições econômicas dos EUA deteriorarem.

Ele ressaltou que a recuperação do nível de atividade no país está indo bem, inclusive superando expectativas, mas o nível das condições da demanda agregada está mais baixo do que a registrado no início do ano, antes da pandemia do coronavírus.

Segundo o presidente do Fed, a atuação da política monetária não vai financiar diretamente a expansão fiscal do governo, necessária para estimular a economia dos EUA.

Ele ressaltou que o programa de afrouxamento quantitativo, com a compra de títulos do Tesouro pelo Fed, não altera o total da dívida do governo americano. "A separação entre políticas monetária e fiscal é crucial", argumentou.

Alguns setores terão dificuldade de se recuperar até vacina chegar, diz Fed

LOGO estadao

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, ressaltou que alguns setores produtivos nos EUA terão dificuldade para registrar plena recuperação até que a vacina para o coronavírus esteja disponível no país. "O aumento generalizado de casos de covid-19 pode pesar em atividade econômica", destacou, durante entrevista coletiva no período da tarde desta quinta-feira, 5, após o Fed manter a política monetária.

Powell ressaltou que o BC americano está fortemente comprometido em empregar todas as ferramentas de política monetária disponíveis para fortalecer a economia americana e para que tal evolução do nível de atividade ocorra o banco central pode adotar mais medidas.

"Alterar a composição e a duração de compras de ativos são ferramentas disponíveis", disse Powell, ao ressaltar que tal mudança depende de circunstâncias econômicas e parâmetros, o que é discutido pelos membros do Comitê Federal de Mercado Aberto, FOMC na sigla em inglês.

O presidente do Fed ressaltou ainda que a "política fiscal é absolutamente essencial para estimular a demanda agregada", no quadro atual.

 

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário