Relator da CPI pede prisão de ex-secretário Wajngarten por mentir à comissão, mas presidente nega

Publicado em 12/05/2021 17:55 197 exibições

LOGO REUTERS

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - O relator da CPI da Covid no Senado, Renan Calheiros (MDB-AL), pediu a prisão do ex-secretário de Comunicação Social da Presidência da República Fabio Wajngarten por mentir à comissão, mas o presidente, senador Omar Aziz (PSD-AM), rejeitou o pedido.

Para Renan, Wajngarten promoveu um "espetáculo de mentira" à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e citou como exemplo declarações do ex-secretário sobre a campanha "Brasil não pode parar". O relator argumentou ainda que deixá-lo sair ileso do depoimento abrirá uma porta para que outros sintam-se confortáveis em não falar a verdade à comissão.

Aziz, por sua vez, afirmou que o país precisa de equilíbrio e que não seria "carcereiro". Argumentou ainda que Wajngarten prestou informações importantes à CPI.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Vladimir zacharias Indaiatuba - SP

    SENADOR RENAN CALHEIROS, homem honrado e impoluto parlamentar cuja história orgulha o Senado Federal, a CPI e o povo brasileiro...

    45