Lira diz que vai discutir com líderes na Câmara "alternativas" sobre preços dos combustíveis

Publicado em 28/09/2021 13:14 52 exibições

Logotipo Reuters

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta terça-feira que o Brasil não pode tolerar gasolina a quase 7 reais e que quer colocar "alternativas em discussão" na reunião com líderes partidários.

"Amanhã, vamos colocar alternativas em discussão no Colégio de Líderes. O fato é que o Brasil não pode tolerar gasolina a quase R$7 e o gás a R$120", disse Lira, no Twitter.

O deputado não detalhou quais seriam essas alternativas.

Fontes próximas à Petrobras disseram à Reuters na segunda-feira que o presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna, esteve em Brasília, no domingo e na segunda, para buscar alternativas para "amortecer" o preço dos combustíveis.

Segundo essas fontes, uma das alternativas seria o uso de um fundo com recursos do pré-sal para um programa de subsídios. Luna, disseram as fontes, teve contato com integrantes da equipe econômica e do Ministério de Minas e Energia, além do presidente da Câmara dos Deputados, uma vez que a proposta exigiria aprovação do Congresso.

A Petrobras anunciou nesta terça que elevará o preço do diesel nas refinarias em quase 9% a partir de quarta-feira, após 85 dias de estabilidade.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário