Rondonópolis: recursos do BNDES garantem chegada da Ferronorte até 2012

Publicado em 30/04/2010 16:46 287 exibições

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) garantiu recursos para a execução da obra dos trilhos da Ferronorte, no trecho Alto Araguaia/Rondonópolis, que deve ficar pronto até 2012.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Em audiência realizada ontem, na sede do BNDES, no Rio de Janeiro, o governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, também conseguiu o compromisso de que os executivos do banco intervenham junto à América Latina Logística (ALL) para que haja celeridade e definição quanto a chegada dos trilhos da ferrovia a Cuiabá.

Silval Barbosa, acompanhado dos deputados federal Wellington Fagundes, e estadual Sebastião Rezende, se reuniu com os superintendentes das Áreas de Estruturação de Projetos, Henrique Amarante da Costa Pinto; de Infraestrutura, Nelson Fontes Siffert e com a chefe de departamento de Transportes e Logísticas, Adely Maria Branquinho das Dores.

“O transporte ferroviário é considerado de alta capacidade e vai beneficiar a logística e garante o desenvolvimento de Mato Grosso”, destacou Silval durante a negociação quando demonstrou o potencial produtivo e econômico de Mato Grosso.

Henrique Amarante se surpreendeu com os números apresentados pelo governador e reconheceu a importância e necessidade da obra para a região que vai além do transporte de grãos, como comentou o deputado Wellington Fagundes, “mais do que transportar grãos e fortalecer o crescimento econômico, a chegada da Ferrovia a Cuiabá representa o desenvolvimento turístico de Mato Grosso, sendo que os trilhos passam pela região pantaneira”.

A ferrovia é uma concessão federal, por 90 anos, inicialmente concedida para a empresa privada Ferronorte S.A em 1989. Com o passar dos anos e negociações financeiras e administrativas a empresa América Latina Logística assumiu o controle do grupo Brasil Ferrovias em 2006. No entanto, o nome da primeira empresa, Ferronorte, acabou virando sinônimo para a obra em Mato Grosso.

Fonte:
Agronotícias

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário