FMI observa recuperação econômica fraca e desigual na Europa

Publicado em 12/05/2010 09:58 206 exibições
 Uma recuperação econômica fraca e desigual está em curso na Europa, avalia o Fundo Monetário Internacional (FMI) no documento "Perspectiva Econômica Regional: Europa", tornado público no site do órgão nesta terça-feira (11). O organismo indicou que as políticas macroeconômicas ainda dão apoio a medidas de estímulo que estão em vigor para lidar com a crise da dívida soberana.

"Agora, os formuladores de política enfrentam a dificuldade de equilibrar a ação de continuar apoiando a economia e estabelecer um caminho crível para a normalização da política", sustentou o FMI.

Na segunda (10), União Europeia e FMI anunciaram um plano de apoio a países da zona do euro em dificuldades. O valor do pacote pode chegar a 750 bilhões de euros, ou cerca de US$ 1 trilhão. A ideia é acalmar os mercados e evitar que a crise fiscal da Grécia se espalhe.

As prioridades, segundo o FMI, são a consolidação fiscal no médio prazo e, na área financeira, uma mudança de apoio sistêmico para intervenções em instituições financeiras.

Para o órgão, a debilidade estrutural também é uma questão que deve ser lidada, incluindo uma reforma na regulação e supervisão do setor financeiro, entre outros pontos.

O organismo alertou a dívida de governos europeus alcançou níveis perigosos e que é preciso uma ação vigorosa para reduzi-la. Também no médio prazo, os orçamentos nacionais devem voltar ao equilíbrio, acrescentou.

Para este ano, o Fundo projeta expansão de 1% das economias da União Europeia e de 1% para os países da zona do euro. Em 2011, o Produto Interno Bruto (PIB) dessas áreas deve ter expansão de 1,8% e 1,5%, respectivamente.

No caso da Grécia, que abriu a crise da dívida na Europa, a expectativa é de contração de 2% no PIB em 2010 e de recuo de 1,1% na economia no ano seguinte.

Fonte:
G1.com

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário