Preços mínimos: Agricultura e Fazenda não entram em acordo para feijão, trigo e milho

Publicado em 08/06/2010 07:48 e atualizado em 08/06/2010 08:35 349 exibições
Wagner Rossi, ministro da Agricultura, admitiu nesta segunda-feira (7) que ainda não chegou a um acordo com o Ministério da Fazenda a respeito do preço mínimo para culturas como trigo, feijão e milho.

Na avaliação da Fazenda, há espaço para a redução porque existe uma diferença muito grande entre o preço de referência e os valores no mercado hoje. Já a Agricultura defende a manutenção dos preços estabelecidos para a safra anterior. Nunca houve redução do preço mínimo. "Estamos trabalhando nisso", disse Gilson Bittencourt, secretário adjunto de política agrícola do Ministério da Fazenda.

Na semana retrasada, Bittencourt mostrou-se firme em sua posição de reduzir os preços de garantia e afirmou que a Fazenda terá de ser convencida pela Agricultura da necessidade de manutenção dessa referência.

Com a falta de um consenso, o tema foi deixado para ser decidido mais à frente e não na reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN) da semana retrasada. Ao sair da coletiva e ser questionado sobre a alegação de Bittencourt, Rossi minimizou a situação.

Fonte:
DCI

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário