Mercado reduz previsão para inflação e mantém juros em 10,75%

Publicado em 30/08/2010 10:10 174 exibições
A projeção para a inflação oficial, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), foi reduzida de 5,10% para 5,07%, segundo os economistas do mercado financeiro ouvidos pelo Banco Central.

Já para 2011, a estimativa passou de 4,86% para 4,87%. Nos últimos 12 meses terminados em julho, o índice acumula alta de 4,6%, quase no centro da meta (4,5%) determinada pelo governo federal.

A pesquisa Focus, divulgada nesta segunda-feira, mostra ainda que a previsão para a taxa básica de juros, a Selic, para o fim deste ano continuou em 10,75%, o patamar atual, após a elevação de 0,50 ponto percentual na última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), no mês de julho. Para o final de 2011, a projeção permaneceu estável em 11,50% ao ano.

O Copom se reúne nesta semana.

A estimativa do mercado para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) neste ano ante 2009 foi levemente diminuída de 7,10% para 7,09%. Já para 2011, a previsão foi mantida em 4,50%.

Para a cotação do dólar, não houve alteração, com projeção de uma taxa de câmbio de R$ 1,80 no final deste ano e de R$ 1,85 em 2011.

Fonte:
Folha de São Paulo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário