Paraná deverá colher 19,85 milhões de ton de grãos na safra 2010/2011

Publicado em 27/01/2011 15:29 221 exibições

A colheita da safra de grãos de verão 2010/11 está começando no Paraná, devendo se intensificar a partir de fevereiro. Simultaneamente à colheita, o agricultor paranaense já começa a plantar o milho da segunda safra em todo o Estado. Relatório divulgado nesta quinta-feira (27) pelo Departamento de Economia Rural, da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, estima que o Paraná deverá colher cerca de 19,85 milhões de toneladas de grãos, volume 7% menor que na safra anterior (2009/10). Porém, a colheita está apenas iniciando e os avanços de produtividade por causa do clima propício podem revelar uma produção maior no decorrer do ano, explicou o diretor do Deral, Otmar Hubner.

O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, ressalta que a colheita está ocorrendo num clima de preços bons para a maioria dos produtos, mas houve queda acentuada nos preços da batata, cebola e feijão, que vem sendo motivos de preocupação por causa dos prejuízos ao agricultor.

A colheita de soja já iniciou no Oeste do Estado, devendo se intensificar a partir de fevereiro. A estimativa de produção aponta para uma produção de 13,79 milhões de toneladas do grão no Paraná, que é a segunda maior produção de soja já obtida no Estado. A produção recorde foi obtida no ano passado, quando foram colhidas 13,93 milhões de toneladas de soja no Paraná. Segundo Hubner, nesta safra o potencial das lavouras está bom e aponta para uma superação dos resultados obtidos no ano passado.

A produção de milho deve atingir 5,34 milhões de toneladas, 21% menor que no ano passado quando foram colhidas 6,78 milhões de toneladas. Mas o rendimento esperado da cultura é bom, em torno de 7.600 quilos por hectare. Segundo Hubner, na safra 2010/11 a área plantada com milho na safra de verão alcançou apenas 735 mil hectares no Estado, a menor área plantada desde a década de 60. Em relação à safra passada, a redução de área foi de 18%, provocada pelos baixos preços na época de plantio e também pela preferência do produtor paranaense em plantar a soja nessa época do ano.

O feijão foi um pouco prejudicado pelas chuvas na colheita, o que frustrou a expectativa de produção em algumas regiões. Porém, o levantamento do Deral aponta para uma produção 11% maior em relação ao ano passado. Para a safra 2010/11 deverão ser colhidas 541,56 mil toneladas do feijão da primeira safra, contra 489,59 mil toneladas colhidas em igual período do ano passado.

MILHO SAFRINHA - Como consequência da queda da área plantada com milho na safra de verão, está crescendo a área ocupada com a cultura no período da safrinha, que vai de janeiro a junho. Na safra 2011, a área plantada com milho safrinha no Paraná já representa o dobro da área ocupada com a cultura durante o período tradicional de plantio do milho que é a safra de verão.

O relatório do Deral aponta que o plantio com milho safrinha no Estado deve atingir 1,51 milhão de hectares, que representa um aumento de 11% sobre a área ocupada em igual período do ano passado que alcançou 1,36 milhão de hectares. Considerando as condições normais de clima desde o plantio, passando pelo desenvolvimento vegetativo até o ciclo final da colheita, a expectativa de produção para o milho safrinha é de 6,62 milhões de toneladas, também superando o volume de produção da safra normal.

Fonte:
Agência Estadual de Nóticias- PR

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário