Código Florestal: Aldo Rebelo deverá rever solicitações de mudanças da frente ruralista

Publicado em 28/03/2011 16:48 425 exibições
Em uma reunião sobre o Código Florestal realizada hoje em Ribeirão Preto, alguns parlamentares afirmaram que o deputado Aldo Rebelo, autor da proposta de mudança no Código Florestal, deve rever os pedidos feito pelos ruralistas sobre o substitutivo.

Na reunião, que contou com a presença de mais de 600 produtores rurais, a diretora da ABAG Ribeirão Preto (Associação Brasileira do Agronegócio), Mônica Bergamaschi, solicitou mudanças pontuais em diversos temas polêmicos na proposta de Rebelo.

A isenção da recuperação de vegetação nativa nas áreas de preservação de até 4 módulos fiscais foi uma dessas solicitações da entidade.

Sobre os TACs (Termos de Ajustamento de Conduta) assinados entre os produtores e o Ministério Público para o cumprimento do Código Florestal, Mônica pediu que fossem desconsiderados caso o relatório do deputado for aprovado.

No entanto, sobre isso, o presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, deputado Moreira Mendes (PPS-RO), afirmou que "esse será certamente um dos itens em que não tera acordo pois os ambientalistas não aceitam".

Mendes justificou ainda a ausência de Rebelo na reunião de hoje dizendo que o deputado estava fazendo os últimos ajustes em seu texto.

Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário