Discurso de Bernanke impõe moderação nas bolsas da Ásia

Publicado em 08/06/2011 08:09 114 exibições
O pronunciamento do presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, ontem não aliviou as pressões nos mercados acionários asiáticos. O dirigente da autoridade monetária dos Estados Unidos reconheceu a desaceleração na economia do país, mas não indicou que o banco central avalie mais estímulos para ajudar a atividade econômica.

Em Tóquio, o Nikkei 225 avançou levemente, 0,07%, para 9.449,46 pontos, com as ações da Sony subindo 0,35% e as da Canon, 0,53%. Os papéis da Nissan, por sua vez, caíram 0,51% e os da Honda, 1,33%. A Tokyo Electric Power (Tepco), responsável pela central atômica de Fukushima, por sua vez, amargou mais de 7% de perda nesta sessão.

Em Xangai, o Shanghai Composite avançou 0,22%, para 2.750,29 pontos.

Na bolsa de Hong Kong, o índice Hang Seng baixou 0,91%, para  22.661,63 pontos. O Taiwan Taiex, da bolsa de Taipé, caiu 0,55%, ficando em 9.007,53 pontos. Em Seul, a desvalorização foi de 0,78%, com o índice Kospi baixando aos 2.083,35 pontos.

O setor bancário pesou nos negócios em Sydney, onde o S&P/ASX 200 caiu 0,65%, para 4.536,77 pontos. As ações do National Australia Bank tiveram 1,47% de retração e as do Commonwealth Bank Australia, 0,82%.

Fonte:
Valor Online

0 comentário