No Valor: Primeiro-ministro grego pede apoio para superar a crise

Publicado em 16/06/2011 16:18 210 exibições
Em mais uma tentativa do governo grego de conseguir apoio para a aprovação de novas medidas de austeridade, o primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, dirigiu-se nesta quinta-feira ao Parlamento. Pedindo aos parlamentares que percebam “quão dramática é a situação”, Papandreou destacou que fará todos os esforços possíveis para tirar o país da crise.

“Não é hora de desistir”, afirmou. “Agora é hora de continuarmos, agora é hora de dizermos “sim” para importantes mudanças”, complementou, enfatizando que “nossa resposta para a tempestade em torno de nós é a estabilidade e a continuidade de nosso curso, com as metas e as mudanças planejadas".

Ontem, após fracassarem as negociações para a formação de uma coalizão com os partidos de oposição, Papandreou anunciou que promoveria uma reestruturação ministerial e buscaria um voto de confiança para o novo governo no Parlamento.

A renúncia de dois membros do partido governista nesta manhã, entretanto, retardou o anúncio do novo gabinete e ampliou ainda mais os temores de um default.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) diz estar pronto para continuar ajudando a Grécia, desde que sejam adotas as reformas de política econômica “acordadas com as autoridades gregas". A população grega, por sua vez, tem demonstrado sua reprovação às medidas por meio de greves e protesto.

Fonte:
Valor Online

0 comentário