Crise da dívida grega e dólar determinam movimento do petróleo

Publicado em 20/06/2011 15:24 287 exibições
Os preços internacionais do petróleo flutuam de acordo com as novidades da zona do euro, com destaque para a Grécia, nesta segunda-feira.

Há pouco, em Nova York, o contrato do petróleo WTI para julho recuava US$ 0,21, para US$ 92,80. O vencimento de agosto caía US$ 0,23, em US$ 93,17.

Em Londres, o Brent para agosto perdia US$ 1,55, para US$ 111,66, enquanto o contrato para setembro estava em baixa de US$ 1,52, para US$ 111,33.

A dificuldade grega em lidar com a crise em sua dívida e a indefinição sobre a reação europeia levantam dúvidas sobre um crescimento sustentado na demanda por petróleo.

As incertezas permanecem, mas são aparadas pelo discurso em que o premiê de Luxemburgo e presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, assegurou que será encontrada uma solução para a crise da dívida grega. Ontem à noite, o Eurogrupo garantiu que será definida no início de julho uma nova estratégia de financiamento para o país.

Por outro lado, uma desaceleração na alta do dólar impede que as preocupações com a Europa causem grandes recuos no valor do barril.

Fonte:
Valor Online

0 comentário