Economista fala sobre crise na Itália e impacto nas exportações

Publicado em 14/07/2011 09:06 365 exibições
A crise nos países europeus é preocupante, mas não deve causar um grande impacto nas exportações de produtos agrícolas brasileiros. É o que pensa José Roberto Mendonça de Barros.

Segundo o economista, o impacto não deve ser tão negativo porque a Europa é muito protecionista e consome basicamente os produtos agrícolas que ela mesma produz, como exemplo temos a carne brasileira e as dificuldades para entrar no mercado europeu.

Em termos internacionais, a demanda de produtos agrícolas, particularmente de alimentos, é totalmente comandada hoje pela Ásia, onde a China se destaca.

Mas apesar da força do mercado asiático, a Europa também é importante para as exportações brasileiras, não só pelos produtos agropecuários, como por outras exportações, mesmo apesar do setor crescer tão pouco e estar relativamente estagnado.

A Europa pode afetar o Brasil pela incerteza do que está acontecendo, as pessoas estão nervosas e as situações cambiais estão fortes. Neste caminho, o Brasil pode ser afetado, especialmente se o nervosismo do mercado financeiro levar a uma saída de dinheiro do Brasil e, eventualmente, a uma certa desvalorização do real.

Fonte:
Globo Rural

0 comentário