Paranaguá e Antonina fecham semestre com alta de 13% na movimentação

Publicado em 20/07/2011 10:30 196 exibições
A movimentação de mercadorias pelos portos de Paranaguá e Antonina cresceu 13% no primeiro semestre de 2011. Foram 19,9 milhões de toneladas movimentadas nos seis primeiros meses do ano, contra 17,68 milhões de toneladas no mesmo período do ano passado. A receita cambial gerada pelas exportações realizadas pelos portos foi de US$ 8,15 bilhões, registrando aumento de 21% em relação à receita registrada no mesmo período do ano anterior.

De acordo com o superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Airton Maron, o bom desempenho dos portos paranaenses no primeiro semestre é fruto da otimização da estrutura existente. “Estamos trabalhando na busca de recursos para os projetos de expansão, mas, ao mesmo tempo, temos buscado otimizar as estruturas existentes para aumentar a movimentação, apesar das dificuldades. E temos conseguido isso através do diálogo e do compromisso com a evolução dos portos paranaenses”, disse.

A exportação de granéis sólidos cresceu 7% no primeiro semestre, fechando em 9,42 milhões de toneladas exportadas. Considerando apenas a soja, o aumento foi ainda maior: 15% em relação a 2010, fechando o semestre com 3,95 milhões de toneladas exportadas. A exportação de açúcar também foi destaque no semestre, alcançando aumento de 22% em relação ao mesmo período do ano passado, com 1,58 milhão de toneladas exportadas.

A importação de fertilizantes também apresentou bom desempenho no semestre. O Porto de Paranaguá continua na liderança nacional na importação do produto, sendo responsável por 44% da importação brasileira de fertilizantes. De janeiro a junho, foram 4,63 milhões de toneladas movimentadas, registrando aumento de 49% em relação ao movimentado em 2010.

A movimentação de veículos registrou alta de 38% nos primeiros seis meses do ano. O Porto de Paranaguá movimentou, até junho de 2011, 95,2 mil unidades de veículos. Em 2010, no mesmo período, foram 68,8 mil unidades.

Liderança – Além da liderança nacional na importação de fertilizantes, o Porto de Paranaguá é líder entre os demais portos brasileiros na exportação de farelo de soja. Sozinho, o porto paranaense é responsável por 37% das exportações do produto. Já considerando as exportações de soja, milho, açúcar e trigo, o Porto de Paranaguá ocupa a vice-liderança nacional sendo que 21% das exportações de soja brasileira saem pelo terminal; 20% do milho; 17% do açúcar e 24% do trigo.

Fonte:
APPA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário