Bolsas da Ásia fecham sem tendência,fraqueza da China abate

Publicado em 21/07/2011 09:35 202 exibições
As bolsas de valores da Ásia encerraram a quinta-feira sem tendência comum, reagindo a motivos locais, como fracos dados da China, e à situação ainda sem solução das dívidas grega e norte-americana.

Às 7h47 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne bolsas da região Ásia-Pacífico excluindo o Japão mostrava queda de 0,18 por cento, a 480,50 pontos.

Em Tóquio, o índice acionário Nikkei fechou com oscilação positiva de 0,04 por cento, para 10.010 pontos, com a fraqueza do setor tecnológico contrabalançando ganhos entre varejistas.

O setor de tecnologia foi abatido por fracos resultados do Yahoo, por uma redução na previsão da Intel para o mercado de PCs e pela queda de 1,7 por cento das ações da Microsoft.

A bolsa de Hong Kong caiu 0,07 por cento, a 21.987 pontos, enquanto o mercado em Xangai perdeu 1,01 por cento, a 2.765 pontos.

Os investidores foram abatidos por dados mostrando que o setor manufatureiro da China teve a primeira contração em um ano em julho.

O índice HSBC para o setor manufatureiro recuou para 48,9 neste mês, conforme pesaram o aperto monetário no país e a fraqueza da demanda global. A linha de 50 divide a contração da expansão no setor.

Em Sydney, houve variação positiva de 0,14 por cento, a 4.556 pontos. O suporte veio dos bancos, antes de uma reunião na União Europeia sobre a dívida grega. Os ganhos foram contidos pelos fracos dados chineses.

A bolsa de Seul declinou 0,46 por cento, para 2.145 pontos, abatida pela continuidade da tensão sobre os problemas de dívida nos Estados Unidos e na Europa.

Cingapura subiu 0,38 por cento, para 3.138 pontos, enquanto Taiwan avançou 0,13 por cento, para 8.717 pontos.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário