Nepal discute possibilidade de cooperação na área agrícola com governo brasileiro

Publicado em 03/08/2011 10:39 185 exibições
O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi, recebeu, nessa terça, dia 2, em Brasília, comitiva do Nepal chefiada pelo vice-primeiro-ministro e chanceler do país, Upendra Yadav. No encontro, os dirigentes discutiram a possibilidades de cooperação entre os dois países.

O Nepal é um país predominantemente agrícola, onde 90% da população depende diretamente da agricultura. Com terras férteis e clima favorável, tem vocação para a criação de gado e a produção de café, grãos e frutíferas, entre outros.

– Pretendemos aumentar o domínio sobre produtos e produções mais adequados às nossas condições – afirmou Yadav durante a reunião com Rossi.

Como áreas prioritárias para a futura cooperação, Yadav mencionou o know-how brasileiro em Organismos Geneticamente Modificados (OGM) e sementes híbridas, além da experiência do Brasil em cooperativismo. O vice-primeiro-ministro também demonstrou interesse em enviar técnicos e estudantes do Nepal para aperfeiçoamento no Brasil.

Rossi destacou o desenvolvimento da agricultura brasileira, com ênfase no equilíbrio entre produção de alimentos e preservação ambiental. O ministro mencionou ainda a liderança mundial do Brasil na produção de café, suco de laranja e açúcar e na exportação de carne bovina e de frango e soja em grãos.

– Quando vejo o empenho do Nepal em ampliar sua capacidade produtiva, vislumbro inúmeras possibilidades e o Brasil poderá contribuir para isso – afirmou Wagner Rossi.

O ministro aproveitou a ocasião para agradecer o apoio do Nepal à eleição do brasileiro José Graziano da Silva para o cargo de diretor-geral da FAO. Durante esta quarta, dia 3, Brasil e Nepal devem assinar Acordo Quadro, no Palácio Itamaraty, que possibilitará novos avanços para a cooperação em diversas áreas entre os dois países.

Fonte:
Mapa

0 comentário