OCDE: economia dos países mais ricos arrefece no 2º trimestre

Publicado em 22/08/2011 10:26 230 exibições
A economia dos países mais desenvolvidos puxou o freio do crescimento no segundo trimestre do ano, período em que o Produto Interno Bruto (PIB) subiu um décimo abaixo do período anterior, para 0,2%, informou nesta segunda-feira a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os dados representam o arrefecimento do crescimento econômico nos 34 países que compõem o clube pelo quarto trimestre consecutivo.

O recuo do crescimento foi particularmente mais forte na zona do euro, já que nos Estados Unidos a economia melhorou os dados na comparação com o trimestre anterior. Na avaliação anual, o crescimento nos países da OCDE foi 1,6%, contra 2,4% registrado nos três primeiros meses de 2011. A economia dos sete países mais industrializados registrou estagnação, com alta de 0,2% com relação ao primeiro trimestre, no qual havia registrado o mesmo aumento.

Na União Europeia (UE), o PIB aumentou 0,2% após ter progredido 0,8% nos três primeiros meses. A maior freada foi da Alemanha, onde a economia passou do crescimento de 1,3% no primeiro trimestre para 0,1% no segundo. A França, segunda economia europeia, teve estagnação entre abril e junho após ter progredido 0,9% no primeiro, enquanto o Reino Unido passou de 0,5% no primeiro trimestre a 0,2%.

A economia acelerou nos Estados Unidos, embora a OCDE tenha advertido que foi por causa de uma "importante revisão para baixo" de seus números no primeiro trimestre. O PIB americano cresceu 0,3% no segundo trimestre, após ter subido no primeiro 0,1%. Também melhorou a economia italiana, cujo PIB cresceu 0,3% no segundo trimestre, dois décimos percentuais mais do que no primeiro. A economia japonesa foi a única das sete maiores do mundo que desceu no segundo trimestre, embora a queda tenha passado de 0,9% entre janeiro e março para 0,3% entre abril e junho.

Fonte:
EFE

0 comentário