Vendas tomam força e dólar cai 0,55%, a R$ 1,603

Publicado em 26/08/2011 13:44 231 exibições
Depois de operar descolado do sinal externo, o câmbio local passa a acompanhar o movimento de queda no preço do dólar.

Por volta das 13h30, o dólar comercial apontava baixa de 0,49%, a R$ 1,603 na venda, depois de subir a R$ 1,617. Na semana, a moeda ainda tem leve alta de 0,06%.

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar para setembro mostrava queda de 0,55%, a R$ 1,603.

No câmbio externo, o Dollar Index, que mede o desempenho da divisa americana ante uma cesta de moedas, perdia 0,54%, a 73,84 pontos, enquanto o euro subia 0,76%, a US$ 1,448, depois de cair a US$ 1,433.

De fato, o dólar perde para quase todos os seus principais rivais, exceção do franco suíço, que cai ante a moeda americana. Entre as divisas emergentes, o rand sul-africano e o dólar australiano são destaques de alta.

A instabilidade que o discurso do presidente do Federal Reserve (Fed), banco central americano, Ben Bernanke, causou em outros mercados não chegou ao câmbio local. As bolsas caíram com força assim que ficou claro que nenhuma nova medida seria sinalizada, mas a taxa de câmbio por aqui mal se mexeu.

O humor melhorou, no entanto, conforme se formou a expectativa de que Bernanke apenas postergou o anúncio de medidas para o encontro do Fed de setembro. O encontro, agora, terá dois dias (20 e 21 de setembro), para que o colegiado possa discutir as ferramentas que tem à disposição.

Ilustrando bem essa movimentação o VIX, que mede a volatilidade das opções na bolsa americana e é visto com um termômetro do medo do mercado, caía 12,83%, a 34,66 pontos, depois de subir mais de 10%.

Fonte:
Valor Online

0 comentário