Bolsas da Europa verificam perdas; caso da Grécia se sobressai

Publicado em 19/09/2011 09:50 113 exibições
Os problemas da dívida europeia, em especial da Grécia, e o movimento das ações de bancos influenciavam as operações nas bolsas da Europa. Os investidores estão na expectativa da teleconferência ente o ministro das Finanças da Grécia, Evangelos Venizelos, e inspetores da delegação formada por Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Central Europeu (BCE) e União Europeia (UE).

Também desperta interesse o plano do presidente americano Barack Obama para reduzir o déficit público dos EUA. Ele deve apresentar hoje ao Congresso a proposta. Além disso, os agentes avaliam a derrota do partido da premiê alemã, Angela Merkel, em eleição em Berlim.

Há pouco, em Londres, o FTSE 100 cedia 1,83%, ficando em 5.270,12 pontos. O CAC 40, de Paris, recuava 2,72%, aos 2.948,61 pontos. Em Frankfurt, o DAX diminuía 2,75%, ficando em 5.420,24 pontos. Em Madri, o Ibex 35 baixava 1,74%, somando 8.242,40 pontos. O FTSE MIB, de Milão, declinava 2,47%, se situando em 14.188,01 pontos.

Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário