Governo fica mais pessimista sobre crise externa, diz jornal

Publicado em 27/09/2011 09:01 211 exibições
O governo brasileiro vê a situação mundial como pior do que se esperava anteriormente, trabalhando com a expectativa de que a situação grega pode ter um desfecho nesta semana, com consequências imprevisíveis sobre o mundo, publicou um jornal nesta terça-feira. De volta dos Estados Unidos, a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, não descartam a oficialização de uma moratória grega nesta semana, após uma reunião "tensa" no Palácio do Planalto na segunda-feira, de acordo com o jornal Valor Econômico.

Ao avaliarem que o diagnóstico da crise mundial mudou, pode haver a necessidade de novos ajustes na política monetária. Dilma reuniu-se em Nova York com presidentes de vários países e com investidores e empresarios, enquanto Mantega participou da reunião anual do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial. Segundo uma alta fonte oficial brasileira disse à publicação, "a Grécia está por poucos dias". O governo brasileiro está "a postos" para agir, e adotará medidas, se necessário, segundo a fonte.

Até a semana passada, a expectativa do governo era de que haveria um agravemtno da crise lá fora, mas sem ruptura. Agora, Dilma e Mantega mostraram-se mais pessimistas sobre a Grécia, acreditando que uma moratória teria consequências imprevisíveis sobre o sistema financeiro europeu, e, portanto, sobre a economia mundial.

Fonte:
Reuters

0 comentário