Garantia-Safra 2011/2012: mais de 552 mil agricultores familiares inscritos

Publicado em 19/10/2011 06:44 143 exibições
O número de inscrições para o Garantia-Safra 2011/2012 já atingiu 59% das 940 mil cotas disponibilizadas para esta safra, o que representa no momento 552.389 agricultores familiares inscritos.

Até agora, o Ceará alcançou o maior número de cotas, são 210.356 mil agricultores inscritos. Para o estado as inscrições continuam abertas até o dia 30 de outubro. Em Minas Gerais, o período de inscrições já se encerrou e foram registradas 21.930 mil inscrições.
O estado do Piauí está com 99.366 mil agricultores inscritos, acessando todas as cotas disponibilizadas para o estado antes do término das inscrições. Na Bahia, o prazo de inscrição está encerrado para a região 1, onde 95.777 agricultores se inscreveram. Para a região 2 da Bahia, os agricultores ainda podem se inscrever.

Para os demais estados o período de inscrições continuam abertos até fevereiro de 2012. O calendário com a data das inscrições é definido de acordo com o período de plantio (acesse aqui).

Podem participar do Garantia-Safra os agricultores familiares dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe, mais os agricultores do norte do Espírito Santo e do norte de Minas Gerais (Vale do Jequitinhonha e Vale do Mucuri), com renda até 1,5 salário mínimo, que cultivam arroz, feijão, algodão, mandioca e/ou milho, em áreas de 0,6 a 10 hectares.

O valor do seguro para a safra 2011/2012 é de R$ 680, que será pago em cinco parcelas de R$ 136,00 por meio de cartão eletrônico da Caixa Econômica Federal ou pelo cartão do Bolsa Família. O agricultor recebe o benefício sempre que as perdas na safra representarem pelo menos a metade das lavouras de feijão, milho, arroz, mandioca e algodão ou outras atividades agrícolas de convivência com o Semiárido.

Como se inscrever
Para se inscrever no Garantia-Safra 2011/2012, o agricultor familiar deve procurar o escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, sindicato ou prefeitura municipal e preencher a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). Mesmo que o agricultor já tenha cadastro, é necessário procurar o órgão responsável para atualizar informações.

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) fica responsável pela homologação do pedido de inscrição. No momento da adesão, o agricultor paga R$ 6,80. Estados e municípios também precisam aderir pagando, respectivamente, R$ 40,80 e R$ 20,40. A União arca com o restante, que corresponde, no mínimo, a 20% do valor total do benefício.

O programa
O Garantia Safra é um seguro para agricultores familiares que sofrem a perda de safra por falta ou excesso de chuvas. Abrange os municípios localizados na região Nordeste, norte do estado de Minas Gerais (Vale do Mucuri e Vale do Jequitinhonha) e norte do Espírito Santo.

Fonte:
Portal Desenvolvimento Agrário

0 comentário