FINANCEIRO: Revisão negativa para do PIB dos EUA muda humor do mercado

Publicado em 22/11/2011 13:39 234 exibições
A calmaria no mercado financeiro não durou muito e os negócios já voltaram a operar em baixa nesta terça-feira. O que pesa hoje é a notícia de que a expansão do PIB (Produto Interno do Bruto)  dos Estados Unidos foi revista de 2,5 para apenas 2% no 3º trimestre.

Segundo uma notícia do Valor Econômico, esse declínio reflete o baixo investimento em estoques, correções menores em investimentos das empresas e também gastos com consumo. A informação não foi bem recebida pelo mercado e, nos Estados Unidos e na Europa, os mercados já operavam em queda.

Além disso, as preocupações com a crise na Zona do Euro persistem e também pesam sobre os negócios nesta terça-feira, afinal, ainda não nem sinal de uma solução que possa conter a expansão e o agravamento dos problemas enfrentados por importantes economias do continente europeu, como a Itália, a Espanha e até mesmo a França.

Veja quais são os destaques da mídia sobre o comportamento do mercado nesta terça-feira:
(Clique nos títulos para ler as notícias completas)

>> No Estadão: PIB dos EUA no 3º trimestre é revisado para baixo

O Departamento de Comércio dos EUA divulgou hoje que o produto interno bruto (PIB) do país cresceu à taxa anualizada de 2,0% no terceiro trimestre, segundo dados revisados. A leitura é menor do que o dado inicial, de expansão de 2,5%, e também ficou abaixo da estimativa dos analistas ouvidos pela Dow Jones, de 2,3%.

>> Na Exame: Bolsas patinam; mercado aguarda ata do Fed

A revisão do crescimento da economia dos Estados Unidos no terceiro trimestre aumentou nesta terça-feira o desconforto do mercado, mantendo as bolsas perto da estabilidade em Wall Street após a forte queda do dia anterior.

>> Na Reuters: Bolsas de NY operam com queda após PIB abaixo do estimado

Os índices acionários americanos operavam com pequenas quedas nesta terça-feira, com a persistente preocupação sobre a Europa e a revisão negativa do crescimento dos Estados Unidos deixando os investidores cautelosos após quatro dias de baixa. Às 13h16 (de Brasília), o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuava 0,37%, para 11.504 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caía 0,15%, para 2.519 pontos. O índice Standard & Poor's 500 tinha desvalorização de 0,26%, para 1.189 pontos.

Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário