Publicidade

Dilma pede diálogo em tensão com índios, mas defende cumprimento da lei

Publicado em 05/06/2013 12:43 459 exibições

Em meio à tensão entre os índios que ocupam a fazenda Buriti em Sidrolândia (MS), a presidente Dilma Rousseff afirmou que defende uma saída negociada, mas reiterou que o Brasil é um país onde leis são cumpridas. Dilma negou discutir decisões judiciais - para ela, a definição da Justiça de reintegração de posse deve ser cumprida.

"Eu acho que essa é uma questão que tem de ser feita com base no diálogo. Agora, o governo brasileiro cumpre lei rigorosamente. O que a Justiça dispõe para nós fazermos, nós cumprimos", afirmou Dilma, em entrevista coletiva.

Veja a notícia na íntegra no site do Terra

Fonte:
Terra

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário